Educação de Infancia

Expressão Dramática


Dedoches com luvas – Os ratinhos

Set 20, 2012 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Expressão Dramática, Expressão plástica, Fantoches

Corta-se apenas os dedos das luvas e decora-se a gosto, o exemplo são ratinhos mas são imensas as possibilidades.

 

Uma ideia barata e fácil de fazer.

Para contar histórias para fazer situações matemáticas, como carimbo ou como jogo, estas tampas são sem dúvida muito úteis e uma forma de reutilizar.

 

Fantoches de coelhos para trabalhar a páscoa e as cores.

 

Muito giros e de fácil execução.

Podem ser usados em Berçário, Creche e Jardim de Infância.

 

Luvas de Natal

Jan 23, 2012 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Expressão Dramática, Natal

 

Estas luvas são maravilhosas!!!

Todos conseguimos ter umas, basta ter umas luvas e colar o que quisermos.

Com esta luvas contamos histórias, fazendo dos dedos fantoches.

Basta colar ou cozer os elementos em feltro, neste caso as renas e o trenó do pai natal.

Depois é só fantasiar…

Com colheres de pau, tinta verde ou branca, tule branco e olhos móveis conseguimos estes fantoches tão engraçados. Depois decora-se a gosto e já está!

 

E conseguimos uns lindos e baratos fantoches para o Dia das Bruxas.

Pedimos aos papás para trazerem uma gravata velha que já não usem e com diferentes materiais, deixamos criar a sua cobra livremente.

 

Na imagem apenas foram usados olhos móveis e borracha macia de várias cores.

 

Esta cobra pode ser usada para diferentes actividades nomeadamente na área da Expressão Dramática.

 

Mais uma ideia fácil e económica para começar este maravilhoso ano lectivo.

O jogo dos bigodes

Jul 14, 2010 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Expressão Dramática, Jogos e ocupações de tempos livres

Vamos fazer uma dramatização ou um jogo dos bigodes. Com um pau de espetada e uns bigodes de forma diferente em feltro.

A criança deve encarnar uma personagem e contar uma história e dialogar com o grupo.

O grupo pode fazer perguntas e quem tiver o bigode apenas pode dizer sim ou não. E  vão descobrindo coisas sobre o personagem, a criança sem bigode deve saber dizer o maior número de coisas sobre a personagem no menor tempo possível.


Archives


Links


Meta

Advertising


Comentários Recentes