Expressão motora


Uma ideia engraçada que pode ser usada por todos.

Com pedacinhos de feltro com as cores que tiver disponível, deve fazer um corte a meio.

Com uma fita e um botão na extremidade, conseguimos este maravilhoso resultado.

 

Bom trabalho!!!!!!!!

Brincando com palhinhas

Abr 4, 2010 Autora: Raquel Martins | Colocado em: A nossa sala, Creche, Expressão motora, Iniciação à matemática

Como referi, tenho apostado em material barato e fácil de adquirir.

Hoje o material são palhinhas, de várias cores e tamanhos. Nunca viram o que eles conseguem fazer com elas. Constroem coisas lindas.

Esta ideia pode ser para Creche mas também para Jardim de Infância, contagem, sequências, vários tamanhos, agrupar por cor ou por tamanho, é um material que pode e deve ser muito explorado nas nossas salas.

Esponjas caminhantes

Mar 30, 2010 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Expressão motora, Expressão plástica

Estas esponjas da loiça com um bocadinho de borracha EVA.

Molhadas em água ou em tinta. Podem caminhar sobre papel de cenário ou tecido o que faz a efeito muito interessante. E as crianças adoram.

É uma ideia refrescante, boa para os dias de calor.

Este poema pode também ser cantado:

Os atacadores soltam-se

se não os souberes prender;

vou-te contar um segredo

e vais ficar a saber.

Pegando pelas duas pontas,

uma cruz deves fazer;

passa uma por dentro da outra,

estica-as e vais ver!

Observa…genial!

Juntas estão apertadinhas.

Agora vamos fazer o laço

começando pelas orelhinhas.

Pega nos atacadores

forma duas orelhinhas

que se abraçarão uma à outra

ficando muito unidinhas.

Agora que estão esticadas

um nó no meio vai aparecer,

o sapato já está calçado,

com um lindo laço a prender!

É um jogo divertido,

que tu deves praticar;

se puxares as duas pontas,

elas vão desatar.

Por Nilda Zamataro

Desenvolvimento Psicomotor em Creche

Mai 12, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Berçario, Creche, Expressão motora

Objectivos:


Maior autonomia física
Aquisição da marcha, correr, subir, descer, saltar, vestir, despir
Aquisição de maior controlo e coordenação motora
Conhecimento dos espaços, permitindo para isso uma exploração activa dos objectos
Estimular a percepção auditiva, táctil, visual, gustativa e olfactiva
Conhecimento do seu esquema corporal de forma a saber nomear as várias partes do corpo
Boa preensão do lápis, colheres, etc.

Estratégias:
Andar de cavalinho, triciclo
Fazer brincadeiras livres
Fazer modelagem (massa), desenho, rasgagem
Imitar os animais a andar

Fazer comboios e rodas

Fazer jogos de movimento
Fazer jogos de encaixe
Deixar a criança comer sozinha
Dar revistas e livros à criança para manusear
Colocar um espaço com material (obstáculos) que a criança possa transpor de diversas formas: escorrega, mesas, cadeiras, almofadas…

Desenvolvimento Psicomotor em Creche

Mar 21, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Creche, Expressão motora

Objectivos:
Maior autonomia física

Aquisição da marcha, correr, subir, descer, saltar, vestir, despir
Aquisição de maior controlo e coordenação motora
Conhecimento dos espaços, permitindo para isso uma exploração activa dos objectos
Estimular a percepção auditiva, táctil, visual, gustativa e olfactiva
Conhecimento do seu esquema corporal de forma a saber nomear as várias partes do corpo
Boa preensão do lápis, colheres, etc.

Estratégias:
Andar de cavalinho, triciclo
Fazer brincadeiras livres
Fazer modelagem (massa), desenho, rasgagem
Imitar os animais a andar
Fazer comboios e rodas
Fazer jogos de movimento
Fazer jogos de encaixe
Deixar a criança comer sozinha
Dar revistas e livros à criança para manusear
Colocar um espaço com material (obstáculos) que a criança possa transpor de diversas formas: escorrega, mesas, cadeiras, almofadas…

Vamos fazer chuva? e chapéus para nos abrigarmos?

Aqui está, uma partilha da colega Estrelinha. Com um lápis vamos treinar a grafomotricidade no Jardim de Infância.

As Educadoras e os Educadores de Infância, podem e devem promover a grafomotricidade, não apenas com o apoio a Propostas de Trabalho. Podem, por exemplo, pedir às crianças para desenharem com as mãos ( no chão, no ar, etc) diferentes situações que vamos sugerindo ou que eles próprios vão imaginando, neste caso pode ser a chuva.

É apenas necessário um espaço amplo, que facilite os movimentos e que dê espaço á imaginação das crianças.

Educadoras:


Partilhe

  • Quer partilhar os seus trabalhos? Envie-os para o nosso E-mail

  • Novidades


    Comentários recentes


    Twitter – Educação de Infância

    Twitter infantil

    Passeios e visitas de estudos


    Sites parceiros


    Sites Utéis


    Calendário

    Julho 2017
    S T Q Q S S D
    « Mai    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  

    Comentários Recentes