Educação de Infancia

Fantoches


Vamos fazer um fantocheiro?

Fev 4, 2010 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Expressão plástica, Fantoches

 Aproveitamos cartão ou compramos K-line, pintamos com cores apelativas, fazemos aberturas na porta e nas janelas e já temos um lindo fantocheiro.

Todos sabemos que um fantocheiro é caro, com esta solução fácil e barata, não há razão para não termos nenhum na nossa sala.

Vamos criar com materiais que normalmente deitamos fora? Aqui está uma excelente ideia para aproveitar tampas e garrafas de plástico.

Fantoche Sapo e Flor

Fev 1, 2010 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Expressão Dramática, Fantoches

 

Esta foi uma partilha da colega Ana Sofia C. Muito obrigada e muito parabéns pelo excelente trabalho.

Um Fantoche de Borboleta

Out 18, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Fantoches

Fiquei apaixonada por esta Borboleta, é um fantoche muito bonito que tem por base uma luva preta e é feito de Espuma. Se tivesse o jeito de muitas das colegas faria um deste para os meus meninos. É deslumbrante.

Esero que gostem.

O Fantoche dos Cinco Sapinhos

Out 12, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Fantoches

Este maravilhoso fantoche de mão faz a alegria de todas as crianças. Como é fácil movimentar a mão e todos os dedos de forma diferente, por termos uma luva dá um efeito encantador aos olhos da criança.

Aqui fica a sugestão para quem tiver jeito para a costura.

Um Papagaio em Fantoche fácil de fazer

Out 11, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Fantoches

Com penas de várias cores, sacos de papel, olhos móveis e cola conseguimos realizar este lindo Papagaio que faz as delícias dos mais pequenos.

Pode dar este material à criança para que ela crie o seu próprio fantoche e festejarem assim o Dia dos Animais, dialogando sobre o respeito que devemos ter pelos mesmos.

Ai meu burro ai meu burro que me doi a cabeça!

O médico me manda uma gorrinha preta, uma gorrinha preta, (batendo palmas) sapatos trolaró, sapatos trolaró.

Ai meu burro, ai meu burro que me doi os olhinhos!

O medico me manda um par de ocolinhos!

Um par de ocolinhos, uma gorrinha, sapatos trolaró, sapatos trolaró.

Ai meu burro, ai meu burro que me doi a garganta!

O médico me manda uma gravata branca, uma gravata branca, um par de ocolinhos, uma gorrinha preta, sapatos trolaró, sapatos trolaró.

Ai meu burro ai meu burro que me doi o coração!

O médico me manda pinguinhos de limão, pinginhos de limão uma gravata branca,um par de ocolinhos ,uma gorrinha preta, sapatos trolaró, sapatos trolaró.

Ai meu burro,ai meu burro que me doi a barriga!

O médico me manda um chá de ortiga, um chá de ortiga,pinguinhos de limão, uma gravata branca, um par de ocolinhos, uma gorrinha preta, sapatos trolaró, sapatos trolaró.

Ai meu burro ai meu burro que me doi o corpo todo!

O médico me manda ir já, ir já pra cama, um chá de ortiga pinguinhos de limão uma gravata branca, um par de ocolinhos, uma gorrinha preta, sapatos trolaró, sapatos trolaró.

Esta música infantil, além de ser muito divertida, explora o corpo, algum vestuário e trabalha a memorização, pois para ser cantada as crianças têm que se lembrar da “receita” anterior.

Para acompanhar a música, usamos um maravilhoso fantoche, que pode ser ou não usado. Este apenas um exemplo de um que podem fazer, pois o meu burro foi comprado.


Archives


Links


Meta

Advertising


Comentários Recentes