Ao lidar com uma criana com paralisia cerebral, existe sua volta uma variedade de problemas tais como:

No segurar a cabea
No se manter sentada
No andar
Mover-se de uma maneira descontrolada ou insegura

Deve-se ter em ateno ao modo como se lida com crianas que possuem estas caractersticas, no tendo estes cuidados, as crianas tornam-se mais descontroladas.

Como transportar a criana

Criana Espstica

Se tem dificuldade em abrir as pernas, ao pegar-lhe ao colo deve ser colocada sobre as ancas de pernas abertas

Criana Atetsica

Se tem movimentos descontrolados, ao pegar-lhe ao colo, os braos da criana tem que estar voltados para a frente segurando-lhe as mos contra os joelhos unidos

Objectos Adequados

Banco triangular. Com as costas bem apoiadas e as pernas abertas, a criana pode brincar numa posio correcta.
Cadeira de madeira com tabuleiro
Cunha de espuma que permite criana brincar de barriga para baixo.

Como deslocar-se

Na criana com paralisia cerebral o seu corpo ao andar tem tendncia a inclinar-se para a frente, o que torna difcil a sua deslocao.

Prancha de madeira com rodas vai permitir que a criana que tem as pernas mais afectadas que os braos se desloque

Vesturio

O vesturio deve ser adaptado:
Largo
De abotoar frente
Evitar ou substituir os botes por fecho eclair, velcro e mola

Higiene

Estas crianas necessitam de um bacio fixo e um varo para se puderem segurar.
Para estimular a lavagem das mos, a criana dever brincar com a areia imitando os movimentos para a higiene das mos.

Grafismos

Na escrita, no desenho ou noutra actividade a criana tem tendncia a tomar posies incorrectas. Estas devem ser corrigidas do seguinte modo:

Costas direitas
Braos em cima da mesa

Alimentao

Sempre que seja possvel a criana deve comer sentada na sua cadeira.
Ao dar de comer, temos de ter em ateno colher, esta deve ser pouco funda, arredondada e no muito grande.

Linguagem

A linguagem uma forma de integrao social. Muitas crianas com Paralisia Cerebral tm perturbaes na fala.

Que fazer para desenvolver a linguagem?

Enquanto beb estimule e participe nos seus jogos vocais
Proporcionar um ambiente estimulante, falando mesmo que ele no responda
Falar de tudo o que rodeia. Assim contribui para o aumento do seu vocabulrio.
No falar em linguagem infantil
Dar oportunidade de a criana exprimir os seus desejos como pode. No superprotege-las
Tentar que se exprima por sons ou palavras e no por gestos
Dirigir uma conversa voltado para a criana assim esta pode observar os olhos e os gestos da boca.