Hoje vou contar-vos uma histria, a histria do Rato Dentolas; ou seja, a minha histria: a histria de um ratinho trabalhador.
Toda a minha famlia e eu vivamos numa pequena casa: sim, o pap rato Dentolas e a mam rata Anita.
A nossa casa era como todas as casas de ratinhos: um buraquinho (nem muito grande nem muito pequenino) para que nenhum gato nos pudesse apanhar.
Dentro havia rolinhos de l que nos serviam de abrigo no Inverno, pedacinhos de jornal para que o pap soubesse sempre o que se estava a passar no mundo, queijinhos duros, brancos, com buracos e sem buracos (so os nossos preferidos).
Um dia tive uma ideia: mudar-nos! Mas para uma casa diferente das outras.
Uma casa muito grande, cmoda, limpa e muito branca.
Pensei, pensei, e decidi que o melhor seria ir viver para um castelo. Fui a correr, contei minha famlia;
todos saltaram e abanaram os seus rabinhos com alegria.
Teramos um castelo s para ns, sem gatos e com muitos queijinhos!
Ento surgiu o grande problema: como que o havamos de construir?

A mam pensou:
– Com algodo, mas… ia durar muito pouco.
O pap disse:
– Com papel! No… voaria rapidamente.
Nesse momento ocorreu-me uma ideia genial: propor a todas as crianas do mundo que, quando lhes cassem os dentes, mos entregassem a mim, para poder construir com eles o melhor e mais branco castelo jamais visto ou imaginado antes.
Isso sim, mas com uma condio: como sou muito tmido, os dentes que vos carem, devero deix-los debaixo da almofada, para que quando estiverem a dormir, eu possa passar para ir busc-los muito devagarinho e sem fazer nem um pequeno rudinho. Mas, ateno!
Como somos ratos agradecidos e gostamos de fazer surpresas, vo ver que vou levar o dente mas vou deixar algo em troca.
O qu! Ah! No, no se diz; se o dissesse, deixaria de ser uma surpresa.
Sabem uma coisa? Gostava que o meu castelo fosse o maior, que os vossos dentijolos ( dentes que so tijolos) estivessem sempre limpos, fortes e muito bem cuidados. Por isso lembrem-se de mim e cuidem bem deles, escovando-os como deve ser, no comendo demasiados doces e visitando o dentista.

E lembrem-se de que:
” J no tempo dos meus avzinhos, o rato Dentolas juntava dentinhos.
Por isso, como disse o meu tio Martim, este um castelo que no tem fim.”

Paty Bzel

Uma Histria para abordar e promover a Higiene Oral no Jardim de Infncia.

importante alertar pais e crianas para uma escovagem diria dos dentes tanto de manh como noite.

Estes hbitos e rotinas vo acompanh-los para toda a vida, por isso, quanto mais cedo comearem melhor.

Muitas vezes as crianas no lavam os dentinhos por no saberem que necessrio e benfico para a sua sade oral mas c estamos ns profissionais de Educao para os ajudar.

tambm importante referir os doces em excesso que so terrveis para os dentinhos, por isso, considero que esta histria infantil intitulada ” O Rato Dentolas” aborda muito bem essas temticas, bem como a queda dos dentes, desdramatizando assim qualquer medo que possa existir na criana.

Depois da leitura da histria podem surgir imensas actividades em diferentes reas, necessrio que o Educador esteja atento e receptivo s propostas e ideias das crianas, pois a Higiene Oral um tema que as crianas adoram.