Aos Avs

Os avs vm de muito,

Muito longe…

E vm cansados

De to longa caminhada.

Cheios de p, metem d!

E vm vergados

Por tantos anos vividos a trabalhar.

Tambm vm ss

Tudo perderam pelo caminho:

A Elegncia,

A Formosura,

Toda a frescura,

Os mais belos sonhos,

Anos risonhos,

Os seus amigos,

Os seus parentes,

Mesmo seus maiores afectos.

Apenas lhes resta o corao.

Esse, guardam-no religiosamente

Para amar,

E para dar

De presente

Aos seus netos!

Um lindo poema para o Dia dos Avs, uma homenagem sincera.

Partilhado pela Lurdes, de autor desconhecido.