Educação de Infancia

Fevereiro, 2009


Dia de São Valentim

Fev 7, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Dia dos Namorados, Expressão plástica

O Dia de São Valentim ou Dia dos Namorados, está a chegar, por isso, partilho imagens para colorir ou para fazerem postais, que as crianças podem oferecer a quem mais gostam.

O mais importante deste dia é sensibilizar as crianças para os valores e para os verdadeiros sentimentos pelos outros.

Porque é que não podemos poluir a água?

Fev 6, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Educação de Infância

As crianças adoram experiências, hoje vou deixar aqui uma experiência que podem fazer com eles para lhes explicar porque não podemos poluir a água.

Material a utilizar:

· Água fria

· Detergente (optei por um detergente para a loiça cor esverdeada, para dar a sensação de que a água está mesmo poluída, mas podem utilizar qualquer detergente)

· Manteiga

· Papel absorvente

· 2 Recipientes transparentes

Passo a passo

1. Encher um dos recipientes com água fria,
2. Untar uma das folhas de papel absorvente com manteiga,
3. Fazer uma bola com as duas folhas de papel absorvente e colocar dentro de água.
4. Observar o que sucede.
5. Encher o outro recipiente com água fria e juntar detergente.
6. Realizar o mesmo procedimento (2 e 3)
7. Observar o que sucede.

Resultado:

· No primeiro recipiente observar-se-á que só se afunda a bola de papel sem manteiga, a outra permanece apenas submersa.

· No segundo recipiente observa-se que ambas as bolas se afundam (embora a que tem manteiga o faça um bocadinho mais lentamente).

Nota: para uma criança não é muito visível o aspecto do afundar no recipiente 2, mas sim o facto do papel se espalhar deixando de ter a forma de uma bola.

Explicação:

O papel engordurado repele a água.

Exemplo concreto: As penas dos patos têm uma gordura natural que lhes permite flutuar. Mas o detergente permite que a água adira às substâncias com gordura. Isto faz com que possa molhar o papel (ou as penas do patos) e, assim, afundá-lo.

O detergente é útil para lavar pratos, porém é mau para os patos, gaivotas, etc. Por isso, cada coisa no seu lugar, assim não faz mal.

A HISTÓRIA DA QUADRADINHA

Era uma vez uma Quadradinha
Era bonita, simpática
e muito quadradinha.

Certo dia, a Quadradinha
pensou em casar.
E começou logo,
a procurar um noivo.

Primeiro, apareceu o fortalhaço do Triângulo.
Estava convencido de que era o tipo ideal
para a Quadradinha, mas ela nao quis.
E ele foi-se embora, muito triste.
A seguir, foi o Círculo.
Era gordinho e muito tímido.
A Quadradinha teve muita pena dele,
quando também lhe disse
que não o queria.

Depois foi a vez do senhor Rectângulo.
Era quase, quase o que a Quadradinha
desejava, mas não era o que realmente sonhava.

E lá apareceu o… Quadrado!
Era bonito, simpático…
E muito Quadrado!
O ideal para alguém,
como a Quadradinha.
Casaram logo no dia seguinte…
Tiveram muitos filhos quadrados
e quadradinhos e…
foram felizes para sempre!!

Espero que vos seja útil colegas.

(cliquem em cima das imagens para as visualizarem aumentadas)

Hoje a minha sugestão é unir a caixa mágia de onde saiu o palhaço.

Vamos ver quem consegue unir todos os números certinhos, sem saltar nenhum. Só assim conseguirá ver uma linda caixa.

Depois de unir os pontinhos, podem pintar a caixa e o palhaçinho para que ele se possa divertir muito neste Carnaval.

O Carnaval é festa, é cor, é magia!

Palhaço Brincalhão

Fev 3, 2009 Autora: Raquel Martins | Colocado em: Carnaval, Colorir, Expressão plástica

Vamos trabalhar a Grafomotricidade com a ajuda do Palhaço Brincalhão?

Depois, é só pintá-lo para ficar todo contente.

Estas rimas são para trabalhar as formas geométricas e para ajudar a Alexandra e as outras colegas que pediram ajuda para este tema.

Podem explorá-las de diferentes formas, nomeadamente fazer um placard na sala com estas rimas e o desenho das figuras geométricas feitas pelas crianças. Ou fazer um livrinho, em que cada folha tem a rima de uma forma geométrica e eles desenham a respectiva figura geométrica.

Eu sou o Quadrado
Bonito demais
Tenho quatro lados
E todos iguais

E eu sou o Círculo
Sou igual à lua
Sou o mais bonito
Lá da minha rua

Eu sou o Triângulo
Tenho três biquinhos
De chapéu eu sirvo
Para os palhacinhos

Eu sou o Rectângulo
Cresci mais de um lado
Para fazer inveja
Ao senhor quadrado

(cliquem em cima da imagem para aumentar)

Após tantos pedidos para eu partilhar as galinhas que coloquei no vídeo, aqui estão. Podem usá-las para falar das cores, contagem, esconder uma e perguntar qual é a que falta, etc.

Espero que sejam úteis no vosso dia-a-dia.

(Cliquem em cima das imagens para as ampliarem)


Archives


Links


Meta

Advertising


Comentários Recentes