A pessoa a quem a vtima confia a sua experincia tem obrigao de:
acreditar na criana,
ouvir com calma sem dramatizar a situao,
controlar as nossas emoes no mostrando pnico ou angstia,
NUNCA a julgar nem ralhar,
dar-lhe apoio emocional,
usar as palavras da criana ao falar com ela,
transmitir confiana,
dizer-lhe que no tem culpa,
fazer-lhe sentir-se orgulhoso/a por ter feito a confidncia,
expressar afecto,
tentar obter o mximo de informaes sobre o abusador e o contexto do abuso.